Fórum da semana 4 - perguntas e respostas

LibreOffice Calc

 
Imagem de Marcelo Akio Nishimori
LibreOffice Calc
por Marcelo Akio Nishimori - terça, 18 Nov 2014, 15:34
 

A compatibilidade do arquivo xlsx no LO Calc é aceitável? Exemplo: como manter um comentário inserido em uma célula sempre oculto? Eu tenho uma planilha complexa no formado Excel e quero utilizá-la no LO Calc sem precisar refazê-la. Só quero ler o comentário quando passar o mouse sobre a célula. Desde já agradeço aos colegas!

Imagem de Francisco Nunes Laurentino
Re: LibreOffice Calc
por Francisco Nunes Laurentino - terça, 18 Nov 2014, 18:17
 

Olá Marcelo Akio Nishimori,

há sim compatibilidade entre LibreOffice Calc e Microsoft Excel em relação a planilhas simples. Entretanto, com relação a planilhas mais complexas a compatibilidade não é totalmente possível. Tive experiência de planilhas criadas no Excel com vários macros, fórmulas, condições, formatações, etc. que quando abertas pelo aplicativo Calc perdi vários dados de usuários e tive que recorrer para a instalação do Excel no ubuntu por meio do aplicativo Wine (espécie de "ambiente Windows" para programas não compatíveis com Linux) para não ter a mesma "dor de cabeça". A migração de Excel para Calc tem que ser aos poucos por que nem todos os recursos que tem em um aplicativo também não são encontrados no outros e/ou são encontrados de forma limitada. Segue um link de um comparativo das funcionalidades entres os aplicativos para que você possa ter mais detalhes: (https://wiki.documentfoundation.org/Feature_Comparison:_LibreOffice_-_Microsoft_Office#Spreadsheet_applications:_LibreOffice_Calc_vs._Microsoft_Excel)

 

Espero ter contribuído para o esclarecimento da sua dúvida.

Atenciosamente,

Francisco Nunes

Imagem de Clayton Dausacker
Re: LibreOffice Calc
por Clayton Dausacker - terça, 18 Nov 2014, 19:52
 

Eis um dos problemas de aprisionar documentos em formatos proprietários: só podem ser abertos e editados preservando suas características nos softwares em que foram gerados.

Pergunto: tu guardarias tuas informações num cofre em que a chave não ficaria contigo mas sim com o dono deste cofre?

Sugiro que as pessoas criem seus arquivos em formatos abertos, pois se determinado documento foi gerado no programa X e a comunidade ou empresa que o mantém pare de existir, este poderá tranquilamente ser aberto e editado no programa Y.

Não adianta o usuário ter uma algema digital mais bonita, que "a maioria das pessoas" usam, pois continuará sendo uma algema digital.

Plausível a atitude de quem, por um motivo ou outro, resolve experimentar e aprender sobre Software Livre, mas devemos dar exemplo usando alternativas livres, pois senão seria incoerência.

Se algum aplicativo do pacote LibreOffice não abre ou abre com variações documentos criados no M$ Office, não é porque o LibreOffice é ruim: os desenvolvedores deste têm que fazer engenharia reversa e tentar entender o funcionamento dos aplicativos M$ Office para que possa haver Interoperabilidade entre estes, pois a Micro$oft não divulga os parêmetros a serem seguidos para que os documentos gerados por softwares de sua empresa possam ser editados em outros softwares.

Aposte na colaboração: use somente aplicativos e licenças livres!

Imagem de Marcelo Akio Nishimori
Re: LibreOffice Calc
por Marcelo Akio Nishimori - quarta, 19 Nov 2014, 11:47
 

Eu estou tentando me libertar, porém eu gostaria de aproveitar meu trabalho já feito. Se alguns recursos não são possíveis, me resta aproveitar a experiência, aprender com a situação e trabalhar para eu alcançar meu objetivo de utilizar softwares com licença livre!

Acredito que é pior ficar na mesma, parado, do que tentar melhorar aos poucos!

Muito obrigado Clayton!

Imagem de Clayton Dausacker
Re: LibreOffice Calc
por Clayton Dausacker - quarta, 19 Nov 2014, 13:26
 

É isso mesmo, Marcelo!

Pior é não querer aprender algo novo e fazer as coisas sempre do mesmo jeito porque "a maioria das pessoas assim o faz..."

O próprio nome do sistema quase operacional da Micro$oft deixa isso bem claro: Windows (que significa, traduzindo para o português, Janelas).

Quando o indivíduo fixa seu olhar diante de uma Janela, seu campo de visão alcança somente o que pode ser visto por esta Janela, o que não significa dizer que não existam coisas além deste campo de visão.

O primeiro passo tu já destes, Marcelo, ao começar o aprendizado sobre Ubuntu.

Com certeza, conforme tu comeces a entender melhor o funcionamento deste sistema, tua inteligência de despertará o interesse por conhecimentos que vão além do que simplesmente usar o sistema e, assim que entenderes a filosofia GNU, verá que toda a humanidade pode se beneficiar de seus preceitos, pois aposta na ineligência colaborativa.

Imagem de Marcelo Akio Nishimori
Re: LibreOffice Calc
por Marcelo Akio Nishimori - quarta, 19 Nov 2014, 11:41
 

Muito obrigado Francisco!

Imagem de Marcelo Akio Nishimori
Re: LibreOffice Calc
por Marcelo Akio Nishimori - quarta, 19 Nov 2014, 11:57
 

Pessoal,

Tenho outra dúvida. Por exemplo, no windows tem o scandisk, o desfragmentador, limpeza de registro, etc. É necessário fazer manutenções periódicas no ubuntu? Se sim, quais são?

* Foi necessário mencionar o windows, pois é o único parâmetro que eu tenho. Estou tentando e conseguindo me libertar, porém meu campo de visão ainda é limitado.

Desde já agradeço!

Imagem de Clayton Dausacker
Re: LibreOffice Calc
por Clayton Dausacker - quarta, 19 Nov 2014, 13:11
 

Buenas, Marcelo!

Como relatas, tua experiência é baseada em M$ Window$ e é interessante tua pergunta sobre a fragmentação de disco.

Diferentemente deste sistema privativo da nefasta Micro$oft, no GNU+Linux teoricamente (ou praticamente) não existe fragmentação de arquivos, uma vez que estes dois sistemas operacionais utilizam sistemas de arquivos diferentes.

No M$ Window$ é adotado o sistema de arquivos NTFS e em GNU+Linux o sistema de arquivos EXT4.

Os sistemas de arquivos EXT4 usados em GNU+Linux fazem a alocação dos arquivos no disco de uma forma mais inteligente que o NTFS, pois o NTFS guarda as informações de uma forma contínua, o que faz com que surjam pequenos fragmentos e como consequência, o acesso à informação do disco torna-se mais lento. Ao contrário do NTFS, que tenta colocar os vários ficheiros próximos uns dos outros, os sistemas de arquivos EXT4 dispersam os arquivos ao longo de todo o disco, deixando uma quantidade de espaço considerável entre eles. Se por algum motivo a fragmentação ocorrer, o próprio sistema de arquivos tem a capacidade de reduzir os espaços, sem a necessidade de recorrer a nenhuma ferramenta de desframentação.

Quando a capacidade de armazenamento do disco rígido ultrapassar mais de 90%, será necessário liberar algum espaço ou então adquirir um disco rígido com capacidade superior, pois ai sim, pode-se ter lentidão para acesso aos arquivos.

 

 

Imagem de Marcelo Akio Nishimori
Re: LibreOffice Calc
por Marcelo Akio Nishimori - quarta, 19 Nov 2014, 16:58
 

Muito obrigado Clayton!